Mundo: auditoria no estado do Arizona aponta dezenas de milhares de votos irregulares nas eleições presidenciais de 2020 em pelo menos 1 condado


Uma auditoria realizada pela empresa especializada Cyber Ninjas no estado americano do Arizona foi apresentada hoje (24) por senadores no Congresso Nacional dos Estados Unidos. Ela aponta que houve mais de 50 mil votos contabilizados de forma irregular na eleição presidencial americana de 2020, dos quais mais de 23 mil são de "eleitores fantasmas" (inexistentes), considerando, por ora, apenas o condado de Maricopa. O resultado da apuração do pleito havia apontado vitória do então candidato Joe Biden (Partido Democrata) por cerca de 10.500 votos de diferença para o segundo colocado, Donald Trump (Partido Republicano).

A auditoria mostrou ainda que um técnico da Dominion, empresa responsável pela apuração dos votos, supostamente excluiu todos os arquivos de log um dia antes do início da auditoria, enquanto outras falhas de segurança ocorreram.


Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp!  Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários