BRASIL: Senador pede impeachment de Alexandre de Moraes


O senador Lasier Martins (Podemos-RS) pediu o impeachment do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo o parlamentar, o juiz do STF cometeu abuso de autoridade. No processo, Martins citou a ação autorizada por Moraes contra empresários a favor de Bolsonaro.

“Há violação do princípio constitucional do livre pensamento e da livre expressão, praticado contra oito empresários brasileiros, que, em caráter privado, por WhatsApp, dialogavam sobre os riscos da eleição de um candidato à Presidência da República”, argumentou o parlamentar, no documento.

Lasier sustentou que o “arbitrário exercício” no STF “precisa ser contido”, e que Moraes “continuará suas tropelias e atropelamentos da Constituição”.

O parlamentar afirmou ainda, no pedido de impeachment de Alexandre de Moraes, que o ministro tomou decisões monocráticas de “censura” contra órgãos de imprensa e canais de comunicação, como a Jovem Pan, a produtora Brasil Paralelo e o jornal Gazeta do Povo. Atualmente, Moraes é presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Também Oeste foi alvo de um pedido de censura protocolado pelo Partido dos Trabalhadores. Um ministro do TSE, contudo, decidiu não permitir que o perfil da revista no Twitter fosse tirado do ar, como solicitara o PT.

Fonte: Revista Oeste.


Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp! Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários