BRASIL: EX-REPÓRTER DA GLOBO REVELA QUE EMISSORA IMPEDIA DIVULGAÇÃO DE NOTÍCIAS VERDADEIRAS SOBRE COVID


A Rede Globo impedia a divulgação de notícias verdadeiras sobre a covid-19, revelou a repórter Giovanna Mel, que trabalhou na emissora durante anos. Em entrevista ao canal Cara a Tapa, do YouTube, a jornalista disse ter recebido diversas denúncias de falsos relatos de morte pela doença. Contudo, a empresa determinava que os casos não fossem apurados.

“Recebi denúncias de pessoas que estavam recebendo diagnóstico de covid, mas que haviam morrido de câncer, de acidente de carro”, contou Giovanna, em conversa com o jornalista Rica Perrone. “Eu mandava para amigos da Globo, e eles diziam: ‘Giovanna, a gente sabe, mas não podemos dar. Estamos recebendo denúncias, assim como você. Não podemos publicar isso’.”

A ex-repórter da Globo disse que “vários” colegas pediram demissão da emissora por causa da cobertura jornalística sobre a pandemia. “Aí, entrei no Instagram e percebi que precisava falar disso. E comecei a divulgar”, explicou.

A jornalista revelou que, para entrar na emissora, precisou se adequar aos “valores de esquerda”. “Minha redação foi muito bem vista pelo RH da Globo”, disse Giovanna. “Eu defendi as manifestações que ‘não eram só pelos 20 centavos’. Não sabíamos exatamente o que eram aquelas manifestações de 2013. Eram ‘vamos para a rua’, ‘vamos tirar a Dilma’. Meus argumentos eram totalmente de esquerda, luta de classes.”

Oeste procurou a Globo, mas, até o fechamento desta reportagem, não obteve resposta.


Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp! Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários