BRASIL: MINISTRO DO TCU INDICA QUE DEVE OCORRER CONFLITO COM “DESDOBRAMENTOS FORTES” EM BREVE


Em áudio enviado na manhã desta segunda-feira, 21, a um grupo de amigos e vazado à imprensa, o ministro do Tribunal de Contas das União (TCU), Augusto Nardes, faz uma análise do momento político brasileiro e afirma que “está acontecendo um movimento muito forte nas casernas”.


“Eu acho que é questão de horas, dias, no máximo uma semana, duas, talvez menos que isso, que vai acontecer um desenlace bastante forte na nação. Imprevisíveis, imprevisíveis”, declarou. “Os próximos dias serão nebulosos. Teremos desdobramentos muito fortes nos próximos dias.”

No áudio, de pouco mais de oito minutos, Nardes, que se tornou próximo do presidente Jair Bolsonaro (PL), disse que foi ele, Bolsonaro, “que despertou a sociedade conservadora e hoje todo mundo está na rua fazendo a defesa desses princípios. Demoramos, mas felizmente acordamos.”

Segundo o ministro, seu áudio é direcionado também ao produtor rural. “A fala desse cidadão é para despertar o produtor rural também. Porque não adianta só o caminhoneiro trabalhar. Vamos perder? Sim, vamos perder. Mas a situação para o futuro da nação poderá se desencadear de forma positiva, apesar desse principal conflito que devemos ter nos próximos dias ou nas próximas horas.”

Nardes também disse que está “tudo muito nebuloso em relação ao futuro do país”. Na avaliação feita pelo ministro no áudio, o único jeito de evitar o movimento é a “capitulação por parte de alguns integrantes importantes”.

Fonte: Revista Oeste.

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp! Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários