BRASIL: POLÍCIA FEDERAL DETÉM HOMENS POR OFENSAS A ALCKMIN


O vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin (PSB), foi hostilizado por dois homens na noite de quarta-feira 23 no saguão do hotel em que está hospedado, em Brasília. O caso ocorreu por volta das 23h30.

A equipe da Polícia Federal (PF), que faz a segurança de Alckmin, deteve os homens por desacato aos agentes. Um deles se identificou como policial aposentado da PF e, de acordo com a equipe de segurança, estava armado.

Segundo o depoimento de um dos policiais, um homem foi em direção ao vice-presidente eleito e passou a ofendê-lo, dizendo que Alckmin era “uma vergonha”.

Os agentes tentaram afastar o manifestante para que Alckmin pudesse subir até seu quarto. O homem reagiu aos agentes e disse ter “liberdade de expressão”. Nesse momento, de acordo com o depoimento, o homem chamou o policial federal de “vagabundo” por estar “defendendo um ladrão”.

O policial ainda relatou que, depois que a situação estava controlada, um segundo homem apareceu, dizendo ser agente aposentado da PF. Armado, ele teria questionado a atuação dos agentes dizendo que estavam errados “ao defender um ladrão” eleito por uma eleição fraudada.

O agente declarou que a equipe de segurança interveio para evitar que os ânimos de outras pessoas se exaltassem. O policial disse ter feito “uso progressivo da força” e destacou que não foi sacada nenhuma arma de fogo.

Os dois homens foram levados para a Superintendência da PF no Distrito Federal.

Fonte: Revista Oeste.

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp! Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários