BRASIL: GILMAR MENDES DÁ CANETADA QUE LIVRA LULA DA OBRIGAÇÃO DE NEGOCIAR COM O CONGRESSO; ENTENDA


Conforme antecipou o Conexão Política, o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu, neste domingo (18), que os recursos para pagamento do novo Bolsa Família devem estar de fora do teto de gastos.

A medida atende ao pedido do partido Rede Sustentabilidade e abre caminho para o futuro governo Lula (PT), que deve ser beneficiado com a ‘ajudinha’ concedida pelo magistrado. Para ele, existe espaço fiscal para o pagamento aberto a partir da aprovação de novas regras para o provento de precatórios.

Além disso, o ministro ordenou que o dinheiro para pagamento do benefício social deve ser mantido em R$ 600 mensais. Os recursos podem ser obtidos por meio de abertura de crédito extraordinário.

— Reputo juridicamente possível que eventual dispêndio adicional de recursos com o objetivo de custear as despesas referentes à manutenção, no exercício de 2023, do programa Auxílio Brasil (ou eventual programa social que o suceda) pode ser viabilizado pela via da abertura de crédito extraordinário (...), devendo ser ressaltado que tais despesas (...) não se incluem na base de cálculo e nos limites estabelecidos no teto constitucional de gastos — sustentou Gilmar Mendes na decisão.

Ainda com base na liminar, o relator do Projeto de Lei Orçamentário de 2023, senador Marcelo Castro (MDB-PI) “deverá ser comunicado da presente decisão, considerando a tramitação do PLOA para o exercício de 2023”.

Até o momento, a PEC do Estouro está travada na Câmara dos Deputados. O presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), e Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, fizeram uma reunião na manhã de domingo, em Brasília (DF), para tentar resolver o impasse, mas não divulgaram o resultado das conversas.

Fonte: Conexão Política.

CONTEÚDO EXCLUSIVO

O blog Pensando Direita está sendo alvo de censura e desmonetização do Google. Se você quer que o site continue a postar reportagens que são escondidas pela grande mídia e acessar matérias especiais sobre vacinas, movimentações das Forças Armadas e bastidores do poder, clique em alguma das manchetes abaixo e vire assinante por apenas R$ 7 por mês:








Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp! Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários