BRASIL: HOMEM COM FARDA DO EXÉRCITO ORDENA RETIRADA DE BARRACAS DE MANIFESTANTES EM FRENTE A QG E É APONTADO COMO IMPOSTOR; ASSISTA

Um homem vestido com farda do Exército brasileiro, ou algo similar, se aproximou dos manifestantes que clamam por uma atitude das Forças Armadas contra desmandos de ministros do Supremo Tribunal Federal e do Tribunal Superior Eleitoral e ordenou a retirada de barracas da área militar.

Ele afirmou que não será mais permitido, nas imediações do Quartel-General de Brasília, que os participantes dos atos populares acampem, porém, continua sendo viável a realização das manifestações. O ato do homem foi visto como suspeito, assim como suas vestimentas, por parte de pessoas ligadas aos protestos:

CONTEÚDO EXCLUSIVO

O blog Pensando Direita está sendo alvo de censura e desmonetização do Google. Se você quer que o site continue a postar reportagens que são escondidas pela grande mídia e acessar matérias especiais sobre vacinas, movimentações das Forças Armadas e bastidores do poder, clique em alguma das manchetes abaixo e vire assinante por apenas R$ 7 por mês:








Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp! Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários

  1. Claro que é uma armadilha dos petralhas. Seguir as ordens, só do capitão pelo pronunciamento ao povo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Cadastre seu e-mail na barra "seguir" para que você possa receber nossos artigos em sua caixa de entrada e nos acompanhe nas redes sociais.