BRASIL: TARCÍSIO DE FREITAS BATE MARTELO EM LEILÃO DA B3

Brasil: funcionários públicos federais ganham 96% a mais que os trabalhadores privados que exercem função semelhante; confira outras desigualdades


De acordo com o levantamento Gestão de Pessoas e Folha de Pagamentos no Setor Público Brasileiro: O que os Números Dizem?, realizado pelo Banco Mundial em 2019, os funcionários públicos que trabalham na estrutura do governo federal brasileiro recebem salários em média 96% maiores que os de trabalhadores do setor privado do mesmo país que exercem função similar. O grau de desigualdade diminui quando se analisa a diferença entre funcionários públicos dos estados e funcionários privados, para 36% a mais em favor dos primeiros. No caso dos funcionários públicos municipais não há excedente em relação aos trabalhadores privados de função similar.

Os referidos números de desigualdade apresentados em relação ao Brasil estão muito acima dos outros 53 países analisados pelo Banco Mundial, inclusive dos que estão localizados em regiões próximas, possuem renda per capita parecida ou fazem parte da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

12% de todos os funcionários públicos do Brasil estão empregados no governo federal, mas este mesmo percentual é responsável por 25% das despesas públicas com pessoal do país. 44% dos servidores públicos federais ganham mais de R$ 10 mil mensais, 22% ganham mais de R$ 15 mil mensais e 11% ganham mais de R$ 20 mil mensais.


Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp!  Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários