Brasil: PGR pede afastamento de Alexandre de Moraes e regime domiciliar para prisão de Roberto Jefferson


A Procuradoria-Geral da República, por meio da Subprocuradora-Geral da República, Lindôra Araújo, enviou ao Supremo Tribunal Federal uma solicitação para que o presidente nacional do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Roberto Jefferson, tenha sua prisão convertida para o regime domiciliar e que o ministro Alexandre de Moraes seja afastado da relatoria do caso, devendo haver um sorteio para determinar qual membro da Suprema Corte assumirá tal função.

"Ocorre que as declarações destacadas como ilícitos não demonstram qualquer indício concreto de que a liberdade do investigado represente risco à sociedade ou à instrução processual, razão pela qual não há real necessidade da custódia cautelar imposta.", argumenta Lindôra.

Jefferson foi preso por ordem de Moraes no último dia 13 de agosto por, supostamente, fazer parte de uma "milícia digital".


Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp!  Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários