BRASIL: TARCÍSIO DE FREITAS BATE MARTELO EM LEILÃO DA B3

Brasil: Bolsonaro responde pronunciamento feito por Luiz Fux hoje (02) sobre manifestações marcadas para 7 de setembro


Hoje (02) o presidente da república, Jair Bolsonaro, discursou em reposta ao pronunciamento feito pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, sobre as manifestações marcadas para o dia 7 de setembro por todo o país, em favor do impeachment de ministros do STF e do voto auditável com apuração pública. Confira o que disse o chefe do Executivo:

"Hoje eu vi rapidamente o ministro Fux, no início da sessão [do Supremo], dizendo que não pode haver democracia sem respeitar a Constituição. Palmas para o ministro Fux. Realmente não pode ter democracia se não respeitarmos a Constituição em todos os seus artigos; poderia ser principalmente o artigo 5º. O direito de ir e vir, o direito ao trabalho, o direito a ter uma religião. Como em outro artigo também, a liberdade de expressão. [...] Ninguém precisa temer o 7 de Setembro. [...] O que eles [manifestantes] estão clamando a não ser o que o ministro Fux disse hoje em sessão, [que] não pode haver democracia se não tiver Constituição? Parabéns mais uma vez, ministro Fux. É isso que eu quero, que Vossa Excelência quer, que o Arthur Lira [presidente da Câmara] quer, que [Rodrigo] Pacheco [presidente do Senado] quer. Todos nós queremos. Mas muitas vezes falta a gente olhar para dentro de nós mesmos para ver se não somos aquela pessoa que está turvando aquela água. [...] Como já disse o nosso ministro Alexandre de Moraes há pouco tempo: quem não quer ser criticado fique em casa. Parabéns, Alexandre de Moraes. [...] Alguém já me viu brigando com algum Poder, alguma instituição, a não ser algo pontual? O Brasil está em paz, no meu entender.".


Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp!  Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários