Brasil: Roberto Jefferson é condenado em processo movido por Alexandre de Moraes


Ontem (01) o presidente nacional do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Roberto Jefferson, que está preso em caráter preventivo por supostamente fazer parte de uma "milícia digital", foi condenado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, por meio do juiz Rui Cascaldi, a pagar uma indenização de R$ 50 mil ao ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes por ter dito que o togado prestou serviços à facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) como advogado. O montante a ser transferido era, inicialmente, R$ 10 mil, mas foi reavaliado e aumentado, diante do fato de Jefferson usufruir de pensão de ex-deputado federal e ser advogado.


Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp!  Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários