BRASIL: TARCÍSIO DE FREITAS BATE MARTELO EM LEILÃO DA B3

Brasil: Allan dos Santos consegue direito de resposta na Justiça contra IstoÉ por fake news da revista


Hoje (07) o jornalista Allan dos Santos, do prortal Terça Livre, obteve direito de resposta na Justiça, já em segunda instância, contra a revista IstoÉ, que havia recorrido da decisão em primeira instância, também desfavorável a ela. A decisão judicial se deu por conta de a revista ter propagado fake news sobre Allan, afirmando que ele recebia, junto ao seu portal, R$ 100 mil por mês da Secretaria de Comunicação Social do governo Bolsonaro, algo que também foi desmentido pela própria entidade governamental à época.

"o direito à liberdade de informar não deve ser prejudicado, mas exercido com responsabilidade e, no caso em debate, houve extrapolação do animus narrandi […]. Deste modo, ante a relevância social da questão objeto das reportagens jornalísticas, verifica-se que deve ser assegurado aos autores o direito de resposta legalmente previsto, para melhor esclarecimento dos fatos divulgados, já que, de acordo com a nota divulgada pela Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República (Secom) (Id. 20308224 – pp. 1/3), os autores/recorrentes não receberam qualquer valor do Governo Federal", disse a desembargadora Gislene Pinheiro para embasar a decisão.


Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp!  Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários