Brasil: após negativa de Lewandowski, senadores acionam STF novamente por sabatina de Mendonça


Os senadores Alessandro Vieria (Cidadania-SE) e Jorge Kajuru (Podemos-GO), após decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal Ricardo Lewandowski em não interferir na preferência do presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), sobre a opção de marcar ou não a sabatina do indicado do presidente da república para vaga no STF, recorreram novamente à Suprema Corte, desta vez para que a decisão de obrigar ou não a marcação da data seja revista pelo ministro ou tomada em conjunto, por meio de maioria de votos entre os togados.

33 parlamentares, entre senadores membros da CCJ e suplentes, assinaram documento em favor da realização da sabatina de André Mendonça, que já acumula cerca de 3 meses de atraso. A solicitação foi entregue ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG).


Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp!  Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários