Brasil: jogador de vôlei é demitido e tem carreira “cancelada” por criticar ideologia de gênero em filmes


O jogador de vôlei Maurício Souza, do Minas Tênis Clube, foi demitido ontem (27) após pressão do “tribunal da internet”. 

O motivo da demissão foi o jogador ter feito uma postagem em suas redes sociais criticando a ideologia de gênero inserida nos filmes mais recentes. A postagem revoltou a militância progressista, que, além do assassinar sua reputação, pediu a demissão do atleta. 

Após o recebimento da notícia de que não pertencia mais ao time, Maurício se pronunciou no Instagram: “Não sou mais jogador do minas! Agradeço aos meus companheiros, comissão técnica, meu Fisio ao meu diretor, presidência e sócios por tudo! Sigo meu caminho plantando o que acredito, meu legado continua! O que deixarei para meus filhos e netos é o que conta no final”, escreveu. 

O jogador recebeu o apoio de outros esportistas, como os jogadores de futebol Felipe Melo, do Palmeiras, e Fred, do Fluminense.


Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp!  Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários

  1. Certissimo = esse eh um vagabundo criminoso comunista homofobico = ele quer impor a vontade dele aos outros cidadoes.

    ResponderExcluir
  2. Ideologia de gênero é invenção de degenerados

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Cadastre seu e-mail na barra "seguir" para que você possa receber nossos artigos em sua caixa de entrada e nos acompanhe nas redes sociais.