Brasil: um dos indiciados pela CPI da Covid, Arthur Weintraub desdenha de "crime de epidemia culposa" e aponta absurdos do relatório; assista


O ex-assessor da presidência da república Arthur Weintraub, irmão do ex-ministro da Educação Abraham Weintraub, que foi um dos indiciados no relatório de Renan Calheiros (MDB-AL) a partir da Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid-19 por "crime de epidemia culposa", divulgou um pequeno vídeo em suas redes sociais e explicou os absurdos das acusações do documento. Confira:



Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp!  Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários