Brasil: autoridades de Saúde de Santa Catarina comprovam que morte de advogado Bruno Graf se deu por vacina contra Covid-19; assista


A diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina chegou à conclusão, com base em meses de perícia médica, de que a morte do advogado Bruno Graf, que teve trombose e AVC, se deu por conta de uma reação pela vacina contra Covid-19 da AstraZeneca. Confira detalhes na reportagem do jornal Fala Brasil, da rede Record:



Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp!  Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários