Mundo: ditadura chinesa pede que chineses estoquem alimentos e levanta suspeitas entre cidadãos


A ditadura chinesa recomendou aos cidadãos de seu país que estoquem alimentos para o inverno, detalhando inclusive quais produtos merecem prioridade. Tal ato levou a diversas especulações e comentários receosos sobre a sua possível motivação, tendo em vista que nem mesmo às vésperas da pandemia de Covid-19 houve esse tipo de recomendação. As referidas manifestações de pensamento se deram na mídia social autorizada pelo regime e chegaram a considerar a hipótese de haver agravamento no conflito com Taiwan em termos bélicos.

Diante das dúvidas, a ditadura emitiu pronunciamento por meio do jornal Economic Daily afirmando que os chineses não deveriam ter "imaginação muito hiperativa" e que trata-se apenas de uma prevenção para um possível novo lockdown.


Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp!  Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens)

Comentários