Mundo: jovem americano que matou terroristas em legítima defesa se pronuncia após ter sido chamado de "supremacista branco" por Joe Biden; assista


O jovem americano de 18 anos Kyle Rittenhouse, recentemente absolvido de todas as acusações após ter matado dois terroristas do movimento Black Lives Matter em legítima defesa em 2020, se pronunciou em entrevista ao jornalista Tucker Carlson sobre o fato de o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden (Partido Democrata), tê-lo chamado de "supremacista branco", algo feito inclusive por diversos veículos de mídia. Confira o trecho em que ele falou sobre o assunto:



Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp!  Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários