Mundo: processo de impeachment contra presidente do Chile é aprovado por deputados chilenos


Em sessão da Câmara dos Deputados do Chile nesta terça-feira (9), foi aprovada pelos parlamentares a abertura do processo de impeachment contra o presidente Sebatián Piñera. Durante a votação foi conseguida a maioria simples necessária para que a acusação avançasse ao Senado, contando com 78 votos a favor do avanço e 67 contra. A ação se dá em meio a acusações em que o atual chefe do Executivo teria cometido irregularidades na venda da Minera Dominga, localizada nas Ilhas Virgens Britânicas. 

O negócio ocorreu ainda em seu primeiro mandato, no ano de 2010, o que acarretou abertura de investigações pelo Ministério Público do Chile sobre um possível pagamento de propina ou violações tributárias na transação. O caso foi descoberto depois de uma série de reportagens intituladas por Pandora Papers. 

Para que a acusação avance também no Senado, será necessário que os parlamentares consigam reunir dois terços dos votos. A votação ocorrerá no dia 19 de novembro, dois dias antes das eleições presidenciais no país, nas quais Piñera não concorrerá. 


Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp!  Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários