Brasil: acionado pelo PT, ministro Lewandowski pressionou governo federal sobre vacinação de crianças contra Covid-19; entenda


O ministro do Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou o prazo de 48h para que o governo federal se pronuncie acerca da vacinação contra a Covid de crianças entre 5 e 11 anos, aprovada pela Anvisa na última quinta-feira (16). O ministro quer uma manifestação do governo sobre a inclusão dessas crianças no Plano Nacional de Vacinação. O parecer da agência atestou a eficácia de 90% da vacina da Pfizer no público infantil. 

A determinação de Lewandowski foi provocada pelo PT. O ministro requereu: 

"Incluindo-se um cronograma que viabilize a cobertura vacinal adequada de toda a população infantil antes da retomada das aulas, bem como a previsão de um dia nacional (Dia D) para vacinação, ou mesmo a designação de possíveis datas para a realização de grandes mutirões de incentivo e vacinação".


Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp!  Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários