Brasil: Doria confronta Ministério da Saúde e articula medida que pode colocar crianças em risco


João Doria (PSDB), governador de São Paulo, determinou que a Secretaria de Saúde do estado inicie negociações com a farmacêutica Pfizer para adquirir doses a fim de “imunizar” crianças de 5 a 11 anos, após sinal verde da Anvisa. 

A Secretaria encaminhou ofício à Pfizer na quinta (16), manifestando a vontade do governo de obter as doses. Até o momento, a vacina não pode ser administrada em pessoas abaixo de 12 anos de idade. 

A resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária prescreve que, em crianças, sejam aplicadas duas doses de 10 microgramas em intervalo de 21 dias. 

O Ministério da Saúde será o responsável por decidir sobre o início da vacinação, assim que houver a aquisição de vacinas próprias para a idade. A ideia é vacinar 70 milhões de crianças.


Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp!  Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários