BRASIL: TARCÍSIO DE FREITAS BATE MARTELO EM LEILÃO DA B3

Mundo: mais países se juntam aos EUA em boicote oficial à ditadura chinesa; entenda


O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, se uniu ao boicote diplomático proposto pelos Estados Unidos à ditadura chinesa, alegando a violação dos direitos humanos por parte do regime. A Austrália também entrou para o movimento. 

Como eu disse anteriormente, não apoiamos os boicotes esportivos, mas não há planos para que os ministros compareçam aos Jogos Olímpicos de Inverno”, afirmou o primeiro-ministro. 

A Nova Zelândia também não enviará representantes, mas, segundo o país, será por motivos de segurança sanitária. Alemanha e Japão deixaram em dúvida se irão se juntar ao movimento. A Rússia, por sua vez, disse que não se deve misturar esporte e política. 

O boicote não mudará em nada a participação dos atletas britânicos nos jogos.


Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp!  Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários

  1. Austrália boicotando a China por violação de direitos humanos, que piada é essa?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Cadastre seu e-mail na barra "seguir" para que você possa receber nossos artigos em sua caixa de entrada e nos acompanhe nas redes sociais.