BRASIL: TARCÍSIO DE FREITAS BATE MARTELO EM LEILÃO DA B3

BRASIL: MINISTRO LEWANDOWSKI DETERMINA PRAZO PARA QUE ESTADOS EXPLIQUEM SUPOSTAS IRREGULARIDADES NA VACINAÇÃO DE CRIANÇAS CONTRA COVID


O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski determinou ontem (20) que as supostas irregularidades nas vacinações de crianças contra a Covid-19 sejam explicadas pelos estados em até 48 horas. 

Mais de 38 mil crianças e adolescentes podem ter recebido doses do imunizante não recomendado para sua faixa etária, conforme informado pelo Advocacia-geral da União (AGU).

Ao lado do presidente Bolsonaro, o advogado-geral da União, Bruno Bianco, falou em entrevista ao programa “Os Pingos Nos Is” sobre a medida de Lewandowski para que o Ministério Público garanta que sejam cumpridas as regras do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). De acordo com elas, os pais e responsáveis precisarão assegurar a vacinação dos filhos a partir de recomendação das autoridades. Para Bianco, o acompanhamento é necessário para identificar possíveis efeitos adversos.

Nós temos informações no Ministério da saúde com aplicações indevidas, especialmente em relação a marcas não aprovadas pela Anvisa e também idades não contempladas neste plano aprovado no início de janeiro. Também queremos que o Supremo Tribunal Federal pense, e assim já foi determinado pelo ministro, que os governadores, secretários de Estado e também os municípios nos informem exatamente o que está havendo em acompanhamento das consequências eventuais dessa aplicação indevida”, afirmou Bruno Bianco.


Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp!  Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários