BRASIL: STF FORMA MAIORIA PARA NOVO ENTENDIMENTO SOBRE FORO PRIVILEGIADO

BRASIL: GENERAL HELENO REVELA INCOMPETÊNCIA DE HOMEM DE CONFIANÇA DE LULA NO GSI


Nesta terça-feira, o ex-ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) do governo Bolsonaro, general Augusto Heleno, compareceu à CPI que investiga os acontecimentos do dia 8 de janeiro, na Câmara Distrital do Distrito Federal. Durante o depoimento, o general respondeu a questionamentos, incluindo declarações do interventor Ricardo Cappelli, que atribuiu as omissões do GSI à gestão anterior.

O general Heleno esclareceu suas declarações anteriores, quando mencionou a necessidade de calmantes para evitar aconselhar o presidente Bolsonaro a reagir ao Supremo Tribunal Federal (STF). Ele afirmou que suas palavras foram jocosas e reiterou seu apoio às instituições, destacando que Bolsonaro manteve uma atitude calma mesmo em momentos de tensão.


Ao ser questionado sobre as declarações de Cappelli, que comparou o GSI a dirigir um carro, o general Heleno expressou seu desapontamento com a falta de conhecimento do interventor sobre o GSI. Ele ressaltou que fez poucas mudanças no ministério ao assumir o cargo e que o mesmo continuou funcionando adequadamente.

Confira detalhes no vídeo:



Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp! Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários