BRASIL: MORO EXPÕE PROBLEMA ABSURDO DO GOVERNO LULA

VÍDEO: INDICAÇÃO POLÊMICA DE LULA CAUSA RACHA NO GOVERNO


A escolha de Marcio Pochmann por parte de Lula para assumir a presidência do IBGE está causando divisões no governo federal brasileiro. De acordo com o jornal O Estadão, a nomeação do economista tem sido alvo de polêmica, com uma facção no Planalto argumentando que a ministra do Planejamento, Simone Tebet, foi "atropelada" no processo.

O anúncio da indicação de Pochmann foi feito pelo ministro da Secom, Paulo Pimenta, e essa forma de divulgação foi considerada inadequada por alguns membros do governo. A decisão de não permitir que a ministra Tebet fizesse o anúncio oficial causou desconforto e discórdia entre as autoridades.

A nomeação de Marcio Pochmann para o IBGE é percebida como um ponto de tensão entre diferentes grupos dentro do governo, agravando ainda mais as divergências internas. Essa situação deve continuar sendo motivo de debate e atenção nos próximos dias, enquanto o governo busca resolver as diferenças e manter a unidade diante dos desafios importantes que o país enfrenta.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp! Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários