BRASIL: MORO EXPÕE PROBLEMA ABSURDO DO GOVERNO LULA

VÍDEO: TWITTER SOBE O TOM CONTRA MORAES E FALA SOBRE CENSURA



Twitter critica decisão de Alexandre de Moraes e alerta sobre possível censura prévia. O Ministro do Supremo Tribunal Federal ordenou o bloqueio do perfil do empresário João Sallas, acusado de envolvimento em atos "antidemocráticos", e o Twitter acatou a ordem em dezembro de 2022. No entanto, a plataforma recorreu, argumentando que todas as publicações do empresário, inclusive as consideradas lícitas, seriam excluídas.

A rede social defende que o poder público não deve ter o poder de estabelecer censura prévia com receio de ofensas futuras. O Brasil já teve casos de censura prévia, como o da Brasil Paralelo, proibida de divulgar um documentário antes de seu lançamento. Além disso, pessoas e veículos de comunicação foram proibidos de relacionar Lula com ditadores, apesar do próprio petista ter admitido ser amigo íntimo deles no Foro de São Paulo após a campanha.

Apesar dos prejuízos decorrentes de não acatar algumas ordens judiciais, o Twitter reiterou seu compromisso em defender a liberdade de expressão acima de questões financeiras.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp! Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários