BRASIL: MORO EXPÕE PROBLEMA ABSURDO DO GOVERNO LULA

BRASIL: NIKOLAS FERREIRA EXPÕE DECLARAÇÃO COMPROMETEDORA DE DINO E REBATE DEPUTADA COMUNISTA EM CPMI


Durante a sessão da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do 8 de Janeiro, que estava ouvindo o ex-ministro Anderson Torres, o deputado Nikolas Ferreira se contrapôs às narrativas governistas, argumentando que os ataques direcionados a Torres estavam, na verdade, mirando o ex-presidente Jair Bolsonaro, sob cujo governo Torres atuou como ministro. O deputado enfatizou a importância da apuração dos fatos em detrimento das narrativas.

Confira detalhes no vídeo:

Nikolas Ferreira lamentou os questionamentos direcionados ao ex-ministro que não estavam relacionados aos eventos de 8 de janeiro. Ele criticou a falta de busca pela verdade e afirmou que a intenção parecia ser a construção de uma narrativa falsa.

De maneira irônica, o deputado mencionou a narrativa de que Anderson teria usado a Polícia Rodoviária Federal para impedir eleitores de votarem. Ele citou a declaração do ministro Alexandre de Moraes, destacando que "nenhum eleitor foi impedido de votar por blitz da PRF". Nikolas Ferreira enfatizou que ir contra a palavra do ministro seria questionar a democracia do país.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp! Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários