BRASIL: SENADOR IZALCI ANALISA ANDAMENTO DA PEC DAS DROGAS

BRASIL: OS PLANOS DE TARCÍSIO APÓS A ADESÃO DE SEU PARTIDO AO GOVERNO LULA

A possibilidade de mudanças partidárias ganha destaque com a declaração do governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, e do presidente da CPI do MST, tenente-coronel Zucco. Ambos sinalizaram a eventual saída do partido Republicanos, caso a agremiação integre a base aliada do governo Lula. Tarcísio manifestou seu desacordo com a proximidade da sigla com a gestão de esquerda durante uma entrevista ao canal Flow Podcast.

Confira mais detalhes no vídeo:

O posicionamento dos membros ressalta as divergências políticas dentro do partido e as repercussões da possível aliança com o governo. A incerteza sobre essa associação pode resultar em realocações importantes no cenário político. Além disso, Tarcísio de Freitas também descartou sua candidatura à presidência nas eleições de 2026, fornecendo insights sobre seu futuro político.

Essas revelações suscitam discussões sobre a dinâmica partidária e o papel dos líderes no contexto das alianças políticas em constante transformação.


Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp! Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários