BRASIL: PGR DENUNCIA CARLA ZAMBELLI POR “INVASÃO”

BRASIL: SENADOR GIRÃO REAGE A DEBOCHE DE MINISTROS DO STF


Em uma entrevista após a eleição do ministro Luís Roberto Barroso como presidente do STF, o senador Eduardo Girão denunciou a preocupante situação de calamidade jurídica no Brasil. Ele apontou manobras de Lula para controlar o Congresso Nacional, criticou as arbitrariedades cometidas pelo ministro Alexandre de Moraes, e revelou atos de sabotagem contra a CPI do MST e a CPMI do 8 de Janeiro. 

Veja mais detalhes no vídeo:



Girão também condenou declarações que interpretou como deboche por parte de ministros do STF. O senador enfatizou as consequências da omissão do Senado e a falta de controle sobre as ações dos ministros do STF. Ele mencionou jornalistas com redes sociais bloqueadas, parlamentares impedidos de se expressar, e o caos gerado pela insegurança jurídica no país. 

Girão afirmou que a democracia está ameaçada e criticou a interferência de Lula na CPI do MST. Ele destacou a importância do controle externo e a responsabilidade do Senado para evitar ações contrárias à Constituição por parte de ministros do STF.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp! Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários