BRASIL: MST INVADE ÁREA DO GOVERNO FEDERAL

VÍDEO: COMISSÃO DE ÉTICA PUNE RICARDO SALLES



A Comissão de Ética Pública (CEP) da Presidência da República aplicou uma punição ao deputado federal e ex-ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles (PL-SP), devido ao uso de dinheiro público em suas viagens para São Paulo, seu reduto eleitoral. Durante o período de janeiro de 2019 a junho de 2021, Salles realizou mais de 130 viagens pelo país, sendo 90 delas com destino a São Paulo. Os custos dessas viagens, que somaram R$ 230 mil, foram arcados pelo dinheiro público.

A CEP considerou que Salles cometeu uma infração ao Código de Conduta da Alta Administração Federal (CCAAF) ao não registrar os compromissos públicos em sua agenda oficial durante essas viagens, o que vai contra o princípio da transparência. Em resposta a essas práticas, o ex-ministro recebeu uma censura ética da comissão. 

A reportagem do jornal O Estado de S. Paulo trouxe à tona essas informações e destacou que Salles costumava partir para São Paulo na quinta ou sexta-feira, retornando a Brasília somente no começo da semana seguinte. A punição representa uma ação das instâncias de ética governamental diante das irregularidades relacionadas ao uso de recursos públicos em suas viagens.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp! Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários