BRASIL: STF FORMA MAIORIA PARA NOVO ENTENDIMENTO SOBRE FORO PRIVILEGIADO

VÍDEO: DEPUTADO ANDRÉ FERNANDES SE EMOCIONA E CHORA AO FAZER RELATOS ENVOLVENDO MORAES EM CPMI


Em uma comovente audiência pública que tratou das Prisões Ilegais ocorridas no dia 8 de janeiro, o deputado André Fernandes fez um desabafo emocionado diante dos familiares e advogados das supostas vítimas das prisões políticas, que, segundo alegações, teriam sido ordenadas pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Durante seu pronunciamento, o deputado demonstrou sua sensação de impotência diante dessa situação e lamentou a falta de respeito e liberdade em sua atuação parlamentar.

"Carregar o medo de ser preso, mesmo sendo um deputado federal, é uma dor profunda. Sinto-me completamente impotente. Não há respeito, não há liberdade", declarou Fernandes, com lágrimas nos olhos. Ele buscou algum conforto ao reforçar sua fé na Justiça divina, acreditando que aqueles que abusam de seu poder não escaparão das consequências.

A audiência pública também trouxe à tona questões sobre inquéritos políticos conduzidos em sigilo pelo ministro Alexandre de Moraes, que, de acordo com relatos, seriam direcionados a adversários políticos. Foram levantadas denúncias de supostas práticas de aceitar depoimentos de testemunhas suspeitas e parciais, sem oportunidade de defesa ou acesso ao devido processo legal.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp! Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários