BRASIL: MORO EXPÕE PROBLEMA ABSURDO DO GOVERNO LULA

VÍDEO: DEPUTADO FILIPE BARROS REVELA ACORDOS SECRETOS DA CPMI DO 8 DE JANEIRO


Após a votação na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI), que aprovou a quebra de sigilos de várias pessoas e convocou o fotógrafo envolvido nos atos de depredação no Palácio do Planalto, o deputado Filipe Barros fez um pronunciamento impactante revelando os bastidores dos acordos entre parlamentares durante as votações.

Barros denunciou que alguns deputados que se dizem favoráveis à investigação na verdade são contrários a ela. Ele criticou a deputada Jandira por tornar pública uma reunião onde supostos acordos foram feitos. O deputado afirmou que alguns parlamentares simularam ser contra a convocação do fotógrafo apenas para agradar a imprensa, enquanto secretamente já haviam concordado com a medida em reuniões anteriores.

As declarações de Filipe Barros trouxeram à tona questões sobre a transparência e ética na política, gerando debates intensos. O caso reforça a importância de uma postura ética e responsável dos representantes eleitos, e levanta dúvidas sobre as verdadeiras intenções de alguns parlamentares durante as votações na CPMI.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp! Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários