BRASIL: SENADOR IZALCI ANALISA ANDAMENTO DA PEC DAS DROGAS

VÍDEO: DEPUTADO SARGENTO GONÇALVES SOBE O TOM CONTRA MORAES E FALA EM “PRISÃO” DO MINISTRO

Em um discurso proferido na Câmara dos Deputados, o parlamentar Sargento Gonçalves fez críticas contundentes ao Ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), expressando suas sérias preocupações a respeito das recentes detenções de agentes da Polícia Rodoviária Federal. O deputado enfatizou que as prisões estão mirando os policiais que estão combatendo crimes, ao invés daqueles que estão cometendo infrações. Ele argumentou que a fiscalização e o impedimento de práticas criminosas, incluindo as de natureza eleitoral, são atribuições da Polícia Rodoviária Federal.

Gonçalves não hesitou em sugerir que, se houver intenção de prender indivíduos que interferiram no processo eleitoral, o próprio Ministro do STF deveria começar expedindo um mandado de prisão contra si mesmo. Ele acusou Moraes de ter interferido nas eleições de 2022, mencionando especificamente ações contra contas conservadoras e políticos de orientação à direita nas plataformas de mídia social. O deputado criticou o que ele descreveu como uma "caça" aos conservadores e destacou sua visão de uma possível ditadura judicial no país.

As prisões políticas ocorridas após 8 de janeiro representam apenas um exemplo dentre as evidências recentes de desafios à democracia no Brasil. Para uma parcela da população e para empresas, a perseguição com conotações políticas e ideológicas está ganhando contornos reais, sendo ilustrada por medidas arbitrarias como detenções, censura e restrições online. Esse cenário traz à tona importantes reflexões sobre os limites das liberdades civis no país.


Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp! Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários