BRASIL: PGR DENUNCIA CARLA ZAMBELLI POR “INVASÃO”

VÍDEO: ZÉ TROVÃO CONFRONTA ESQUERDA EM CPMI E MANDA RECADO A MINISTROS DO STF


Durante a reunião da CPMI do 8 de janeiro, o deputado federal Zé Trovão expressou sua solidariedade ao depoente, recordando sua própria experiência de ter sido detido por razões políticas. Ele declarou: "Anderson Torres, não se preocupe. Passei dezoito meses usando uma tornozeleira eletrônica e 51 dias atrás das grades sem cometer crimes. Compreendo a dor que o senhor e sua família estão enfrentando". Ele também levantou críticas sobre os processos da CPMI, destacando seus defeitos e a falta de atenção às vozes dissidentes.

Zé Trovão também lamentou a disparidade no tratamento dos conservadores dentro do sistema judicial, compartilhando sua vivência pessoal de obstáculos legais. Ele ofereceu seu apoio ao Ministro Anderson Torres, enfatizando que ambos estão unidos na batalha pela liberdade dos brasileiros inocentes. O deputado alertou que as injustiças perpetradas por alguns não ficarão esquecidas pela história, assegurando que, mesmo que leve uma década, aqueles responsáveis por tais ações serão, eventualmente, responsabilizados.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp! Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários