VÍDEO: DEPUTADO PASTOR DANIEL EXPÕE “SUMIÇO” DE EX-MINISTRO DE LULA

Na mais recente reunião da CPI do Distrito Federal, dedicada aos acontecimentos de 8 de janeiro, o deputado distrital Pastor Daniel de Castro revisitou as responsabilidades do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) durante o depoimento do Major José Eduardo Natale, flagrado entregando água aos invasores do Palácio do Planalto. O deputado enfatizou a notória falta de ação na proteção do palácio nesse dia, sublinhando a incorporação do GSI à presidência da República após a posse de Lula, conforme estabelecido em medida provisória.

Pastor Daniel ressaltou a necessidade de uma investigação imparcial para identificar os responsáveis pelos atos de depredação, assegurando que sejam responsabilizados legalmente. Ele expressou preocupação com a antecipação de julgamentos no STF, privando as pessoas do devido processo legal. 

Ao questionar a segurança do palácio, o deputado apresentou evidências, incluindo a não atribuição à PM, alertas ignorados pelo GSI e a presença de tropas inativas da Força Nacional no Ministério da Justiça. Ele levantou a questão sobre por que o governo federal não impediu as invasões, considerando a possibilidade de uma tentativa de golpe.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp! Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários