BRASIL: EXCESSO DE CHUVAS EM SC CAUSA ALAGAMENTOS E APREENSÃO

BRASIL: COMO FOI A APROVAÇÃO DE DINO PARA O STF NO SENADO

Na quarta-feira (13), o Senado aprovou a indicação de Flávio Dino para o Supremo Tribunal Federal (STF) com 47 votos favoráveis e 31 contrários. A aprovação ocorreu após a sabatina e marca um momento histórico, pois coincide com a votação para o cargo de Procurador-Geral da República (PGR). Durante o processo, houve manifestações da oposição, que apresentou 426.000 assinaturas contra a indicação de Dino, enquanto os ministros do governo celebraram a vitória.

Confira detalhes no vídeo:



A votação no Senado reflete a polarização em torno da nomeação de Flávio Dino, que enfrentou resistência significativa, sendo aprovado com seis votos a mais do que o necessário. Agora, o foco se volta para a votação do nome de Paulo Gonet para a PGR, com a expectativa de continuar o debate sobre as indicações para cargos-chave no cenário judiciário brasileiro.

O Senado continua a desempenhar seu papel crucial na avaliação e aprovação de indicados para cargos importantes, destacando a importância dessas escolhas para o sistema judiciário e a sociedade como um todo.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp! Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários

  1. Eu não acompanhei mas chegou ao meu conhecimento que o Sérgiooro apoiou, aí me senti feliz de não ter acompanhado, que decepção esse país de corruptos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Cadastre seu e-mail na barra "seguir" para que você possa receber nossos artigos em sua caixa de entrada e nos acompanhe nas redes sociais.