BRASIL: MORO EXPÕE PROBLEMA ABSURDO DO GOVERNO LULA

BRASIL: DEPUTADA BIA KICIS EXPÕE GRAVES PROBLEMAS CAUSADOS PELA AÇÃO DO PT NO PAÍS

Durante uma transmissão ao vivo em suas redes sociais, a deputada Bia Kicis dirigiu críticas contundentes a Lula e ao governo do PT, comparando-os a "gafanhotos em uma plantação". Ao destacar a posse do presidente argentino Javier Milei, ela contrastou a postura de Milei, que reduziu ministérios, com a decisão de Lula de criar mais um ministério e aumentar os gastos.

Confira detalhes no vídeo:


A deputada comentou um vídeo em que Lula mencionava a dificuldade do PT em conquistar votos de pessoas com renda acima de dois salários mínimos. Bia Kicis ironizou, questionando se essa dificuldade seria motivo para buscar uma "igualdade" semelhante à de Cuba, onde todos são miseráveis, exceto os dirigentes. Ela enfatizou a importância de combater a pobreza, não a desigualdade.

Bia Kicis também criticou a imprensa tradicional por destacar a falta de compromisso do governo Lula em reduzir os gastos públicos, classificando tal postura como "cinismo". Além disso, a deputada relatou sua participação em uma reunião que levou as demandas dos familiares e advogados dos presos políticos ligados ao ministro Alexandre de Moraes ao Conselho Federal da OAB, buscando apoio para a causa. Ela ressaltou a necessidade de mais ações em prol desses presos e dos advogados cujas prerrogativas estão sendo violadas.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp! Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários