BRASIL: EXCESSO DE CHUVAS EM SC CAUSA ALAGAMENTOS E APREENSÃO

BRASIL: MAGNO MALTA RELEMBRA ABSURDOS NO SENADO E FAZ APELO A PACHECO

O senador Magno Malta, ao concluir a sessão do plenário do Senado, fez uma reflexão sobre os eventos do ano, destacando a decadência do país e a erosão da democracia e do estado de direito. Malta expressou preocupação com a chamada reforma tributária, que considera um compêndio ideológico, e lamentou a falta de motivos para comemoração no Brasil, citando a alta carga tributária e o aumento da violência.

Confira detalhes no vídeo:


O parlamentar também criticou a morte de Clériston Pereira da Cunha, um preso político do ministro Alexandre de Moraes, apontando que o Brasil enfrenta desafios sérios, como a alta do preço da carne e a influência de grandes empresários na política. 

Malta ressaltou a importância de um Senado que promova reações e defendeu a manutenção do parlamento como um pilar para o respeito entre os três Poderes, destacando a preocupação com a possível nomeação de um comunista para o Supremo Tribunal Federal.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários