BRASIL: EXCESSO DE CHUVAS EM SC CAUSA ALAGAMENTOS E APREENSÃO

MUNDO: DITADOR DA COREIA DO NORTE CHORA AO FAZER APELO DESESPERADO À POPULAÇÃO DO PAÍS

O líder supremo da Coreia do Norte, Kim Jong Un, protagonizou um momento tocante ao ser filmado chorando durante um discurso em que fazia um apelo desesperado à população do país. O evento, uma reunião nacional de mães em Pyongyang, testemunhou Kim Jong Un instando as mulheres norte-coreanas a terem mais filhos e a educá-los para serem leais ao Estado. 

Confira detalhes no vídeo:


As imagens revelam um aspecto mais sensível do líder, que enxuga os olhos com um lenço branco diante de uma audiência expressiva. Esse episódio suscita reflexões sobre as possíveis pressões enfrentadas pelo regime norte-coreano, assim como sobre a importância das políticas demográficas na estratégia governamental.

A emoção visível de Kim Jong Un durante esse discurso também destaca a natureza complexa e muitas vezes opaca do regime norte-coreano. A busca por influenciar as escolhas familiares e a lealdade à nação através desse apelo revela a preocupação do líder com questões demográficas e a necessidade de assegurar a coesão e lealdade da população diante de desafios internos e externos. Esse evento não apenas oferece um vislumbre do líder norte-coreano de uma perspectiva mais pessoal, mas também levanta questionamentos sobre o estado do país e a dinâmica interna do regime.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp! Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários