BRASIL: MORO EXPÕE PROBLEMA ABSURDO DO GOVERNO LULA

VÍDEO: MINISTRO DA DEFESA FALA SOBRE CHANCE DE TROPAS VENEZUELANAS CRUZAREM RORAIMA

O ministro da Defesa, José Múcio, afirmou categoricamente que as Forças Armadas do Brasil não tolerarão, em nenhuma circunstância, o uso do território brasileiro pelo presidente venezuelano, Nicolás Maduro, como ponto de partida para uma invasão à Guiana. 

Essa declaração busca reiterar o compromisso do Brasil em evitar qualquer colaboração em ações que possam desencadear conflitos na região, especialmente relacionados à disputa territorial na Essequibo. O posicionamento enfático do ministro da Defesa destaca a preocupação do Brasil com a segurança e a estabilidade na fronteira, agindo para impedir possíveis ações que possam comprometer a soberania do país e a paz na região. 

A afirmação de que as Forças Armadas não permitirão tal uso do território nacional enfatiza a postura resoluta do governo brasileiro diante de potenciais ameaças à integridade territorial e à tranquilidade na América do Sul.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp! Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários