BRASIL: MINISTRO DE LULA FALA EM CRIAR COTAS PARA “TRANS”

VÍDEO: SENADOR ESPERIDIÃO AMIN ADVERTE GONET SOBRE ABSURDOS DE “INQUÉRITO DO FIM DO MUNDO”

Durante uma intensa sabatina que envolveu o candidato a Procurador-Geral da República, Paulo Gonet, e o indicado de Lula ao Supremo Tribunal Federal, Flávio Dino, o senador Esperidião Amin deixou claro que seu voto dependerá da posição de Gonet em relação ao controverso "inquérito do fim do mundo". Amin contestou a alegação de Gonet de não estar profundamente familiarizado com o inquérito, destacando as amplamente reconhecidas ilegalidades que, segundo ele, o permeiam.

O senador explicou que o inquérito, instituído por Dias Toffoli em março de 2019 e conduzido por Alexandre de Moraes, visa investigar notícias fraudulentas e denúncias caluniosas contra o STF e seus membros. Amin expressou preocupação com o caráter autoritário do inquérito, descrevendo-o como uma "excrescência atual" que opera em sigilo, condenando sem oportunidade de recurso. 

O senador conclamou Gonet a assumir um compromisso com a Casa, afirmando que, se nomeado como Procurador-Geral, apresentará sua posição sobre o inquérito em 30 dias. O debate revelou as profundas preocupações parlamentares em relação à controvérsia em torno do "inquérito do fim do mundo".

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp! Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários