BRASIL: CRIMINOSOS TENTAM FURTAR DOAÇÕES DESTINADAS AO RS

VÍDEO: SENADOR GIRÃO CONFRONTA DINO E REVELA BASTIDORES DE PROTESTO EM BRASÍLIA

Na tribuna do Senado, o senador Eduardo Girão compartilhou suas impressões sobre as recentes manifestações em Brasília e São Paulo, onde os cidadãos expressaram sua objeção à indicação do ministro de Lula, Flávio Dino, para o Supremo Tribunal Federal (STF). Girão destacou a "apreensão" e a "aflição" percebidas na população em relação a essa nomeação, ressaltando a preocupação dos brasileiros que saíram às ruas para manifestar seu descontentamento.

Ao abordar o incidente de 8 de janeiro, Girão caracterizou-o como uma "armadilha" que possibilitou o avanço autoritário e limitou as manifestações. Contudo, ele enfatizou a persistência da coragem do povo em se expressar. 

O senador defendeu a responsabilidade moral do Senado em bloquear a indicação de Flávio Dino, baseando sua posição em diversos motivos, incluindo o comportamento desrespeitoso do indicado em relação ao Congresso, sua autodenominação como "Vingador", a destruição de evidências por ordem legal e sua recusa em comparecer ao Congresso para esclarecimentos, além do óbvio viés partidário do ministro.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp! Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários