BRASIL: TARCÍSIO DE FREITAS BATE MARTELO EM LEILÃO DA B3

BRASIL: GRUPO EXTREMISTA DE ESQUERDA ORGANIZA ATO CONTRA MILEI EM BRASÍLIA

Nesta quarta-feira (24), a Central Única dos Trabalhadores (CUT) convocou um ato em Brasília contra o presidente argentino Javier Milei, em frente à embaixada do país. Os sindicalistas criticaram o decreto nacional de urgência de Milei, acusando-o de comprometer a indústria nacional ao desmantelar direitos dos trabalhadores. 

Confira detalhes no vídeo:

Simultaneamente, na Argentina, a Confederação Geral do Trabalho (CGT) realizou uma greve geral em protesto contra as medidas do presidente. As manifestações ressaltam a polarização e a resistência sindical diante das mudanças propostas por Milei.

Enquanto o presidente argentino enfrenta críticas da CUT brasileira e de sindicatos argentinos, a população divide-se entre aqueles que apoiam as medidas consideradas necessárias para estabilizar a economia e aqueles que resistem às reformas propostas. A manifestação da CUT no Brasil evidencia a internacionalização das discussões políticas e econômicas, destacando a atenção dada a eventos políticos em países vizinhos.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários