BRASIL: MINISTRO DE LULA FALA EM CRIAR COTAS PARA “TRANS”

BRASIL: PRESIDENTE DO PL SE PRONUNCIA CONTRA MORAES APÓS OPERAÇÃO DA PF

Em uma nota oficial, Valdemar da Costa Neto, presidente do Partido Liberal (PL), surpreende ao expressar sua indignação e repulsa à ordem judicial de busca e apreensão emitida por Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), na casa e no gabinete do líder da oposição na Câmara, deputado Carlos Jordy, do mesmo partido. 

Confira detalhes no vídeo:

Costa Neto destaca a legitimidade do parlamentar eleito pelo povo fluminense e ressalta que suas ações são protegidas pela imunidade parlamentar, garantida pela Constituição. O presidente do PL critica o Judiciário por adotar medidas que causam espanto e temor no meio político e judicial, referindo-se a investigações prolongadas e aparentemente inconstitucionais. 

Ele questiona a seletividade das investigações, apontando que, se baseadas nos eventos do 8 de janeiro, por que apenas apoiadores do governo anterior são alvo, enquanto membros do atual governo, inclusive um general, não foram investigados, mesmo dando guarida aos invasores do Palácio do Planalto. Essa postura crítica do presidente do PL destaca as crescentes tensões políticas no Brasil e as preocupações em torno da imparcialidade das ações judiciais. 

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários