BRASIL: TARCÍSIO DE FREITAS BATE MARTELO EM LEILÃO DA B3

VÍDEO: BOLSONARO REVELA HISTÓRIA COMPROMETEDORA ENVOLVENDO ABIN E PT

Durante um encontro com apoiadores em sua residência em Angra dos Reis, o ex-presidente Jair Bolsonaro abordou a operação da Polícia Federal realizada em sua casa, supostamente a mando do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, como parte de uma investigação sobre seu filho, o vereador Carlos Bolsonaro. Bolsonaro alegou que a ação ocorreu devido à existência de uma suposta "Abin paralela" em sua residência, referindo-se a uma agência de inteligência alternativa.

Ao relatar uma história envolvendo a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) em 2015, Bolsonaro destacou que o ex-presidente do Uruguai, Pepe Mujica, teria enviado um emissário ao Brasil para discutir estratégias com a então presidente Dilma Rousseff. Segundo Bolsonaro, a narrativa incluía a entrega de uma coletânea de informações, como fotografias e escutas telefônicas, para afastar o Paraguai do Mercosul.

O relato de Bolsonaro evidencia suas preocupações em relação à ação policial e lança luz sobre a complexidade das relações políticas na região, envolvendo agências de inteligência e estratégias diplomáticas.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários