BRASIL: TARCÍSIO DE FREITAS BATE MARTELO EM LEILÃO DA B3

VÍDEO: POR QUE O PREFEITO DE SP PREPARA DECRETO OUSADO DE DESAPROPRIAÇÃO

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), planeja emitir um decreto para desapropriar cerca de 10% do território da cidade, transformando áreas verdes privadas em espaços públicos preservados. A medida visa retirar essas áreas das mãos de proprietários privados e convertê-las em locais de preservação ambiental, incluindo matas nativas e nascentes. 

O anúncio foi feito durante um evento, onde o prefeito destacou a importância de preservar o meio ambiente e criar espaços públicos para os cidadãos. O decreto, que deve ser divulgado nas próximas semanas, abrangerá 17 áreas em diferentes regiões da cidade, concentrando-se principalmente no extremo da zona sul.

Esta não é a primeira vez que o tema é discutido na capital paulista, já que o ex-prefeito Gilberto Kassab explorou iniciativas semelhantes entre 2009 e 2012. Agora, a proposta de desapropriação ressurge sob a gestão de Ricardo Nunes, buscando preservar a natureza e proporcionar mais espaços verdes para a comunidade. O processo, que abrangerá diversas áreas da cidade, destaca o compromisso com a preservação ambiental e a criação de ambientes públicos acessíveis aos cidadãos.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários