BRASIL: TARCÍSIO DE FREITAS BATE MARTELO EM LEILÃO DA B3

BRASIL: DIRIGENTE DO PT SURPREENDE LULA E PEDE IMPUGNAÇÃO DA FILIAÇÃO DE MARTA SUPLICY

Valter Pomar, dirigente nacional do PT, anunciou neste sábado (03) que solicitará ao comando do partido a impugnação da filiação de Marta Suplicy à legenda. A decisão de Pomar surge após o presidente Lula assinar a ficha de filiação de Marta durante um evento em São Paulo, na sexta-feira (02). Pomar alega que as declarações críticas de Marta ao PT em 2015 não devem ser esquecidas, e ele considera a volta da ex-prefeita ao partido uma provocação.

Confira detalhes no vídeo:



A volta de Marta Suplicy ao PT tem gerado resistência entre alguns integrantes do partido, incluindo Walter Pomar. Pomar argumenta que Marta fez declarações duras contra o PT ao deixar o partido em 2015 e que essas palavras não devem ser perdoadas. A controvérsia reflete uma divisão dentro do PT sobre a reintegração de Marta à legenda, com alguns membros perdoando a ex-prefeita enquanto outros, como Pomar, se opõem veementemente.

A filiação de Marta Suplicy ao PT tem implicações políticas significativas, especialmente por sua indicação como vice na chapa de Guilherme Boulos. Apesar das divergências internas, a presença de Marta na chapa pode fortalecer a candidatura de Boulos, dada sua influência e reputação como ex-prefeita. No entanto, a controvérsia em torno de sua filiação e as críticas anteriores que ela fez ao partido continuam a ser temas de debate e discordância dentro do PT, influenciando o cenário político em São Paulo.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários