BRASIL: PGR DENUNCIA CARLA ZAMBELLI POR “INVASÃO”

BRASIL: EX-MINISTRO DO STF APONTA DANO A SER CAUSADO AO TRIBUNAL POR OPERAÇÃO CONTRA BOLSONARO

O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Melo, voltou a criticar a operação autorizada por Alexandre de Moraes contra o ex-presidente Jair Bolsonaro. Melo expressou preocupação com medidas extremas, afirmando que elas resultam em desgaste para a instituição do Supremo. 

Confira detalhes no vídeo:


O prefeito de São Paulo e candidato à reeleição, Ricardo Nunes, apoiado pelo PL, também comentou o caso, destacando a importância de ouvir os investigados. Nunes enfatizou que a Constituição estabelece claramente o princípio da presunção de inocência, ressaltando a necessidade de seguir os preceitos legais no processo.

As críticas de Marco Aurélio Melo sinalizam a divisão de opiniões sobre a operação, evidenciando as complexidades políticas e legais envolvidas. O posicionamento de Ricardo Nunes destaca a importância do respeito aos princípios constitucionais durante investigações, contribuindo para o debate sobre a preservação dos direitos individuais no contexto político brasileiro.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários