BRASIL: SENADOR IZALCI ANALISA ANDAMENTO DA PEC DAS DROGAS

VÍDEO: ANDRÉ MENDONÇA TOMA DECISÃO SOBRE RENEGOCIAÇÃO POLÊMICA ENVOLVENDO LAVA JATO

Nesta segunda-feira, o ministro André Mendonça, no âmbito do Supremo Tribunal Federal (STF), deu autorização para a renegociação dos acordos de leniência fechados por empresas envolvidas na operação Lava Jato. O processo implica em 60 dias de suspensão, durante os quais as empresas terão a oportunidade de renegociar os termos. 

Esses acordos, equivalentes a delações premiadas, foram originalmente firmados no contexto da investigação sobre corrupção, formação de cartel, e outros crimes. Após a revisão desses acordos de leniência, a Justiça avaliará se a renegociação foi possível. Empresas condenadas, incluindo a nova Odebrecht e o conglomerado JBS, poderão retomar o pagamento de multas. 

A decisão de Mendonça atendeu a um pedido de partidos de esquerda, como PSOL, Solidariedade e PCdB, que argumentaram irregularidades nos acordos, firmados antes de uma sistematização adequada. Essa decisão afeta diretamente empresas envolvidas na Lava Jato, proporcionando a chance de revisão e retomada dos compromissos firmados anteriormente.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários