BRASIL: AVIÃO FAZ POUSO SURPREENDENTE EM RODOVIA DE SP

VÍDEO: COM QUEM FICARÁ A RELATORIA DA PEC QUE “BLINDA” PARLAMENTARES

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, conduziu uma reunião com líderes para discutir pautas prioritárias, destacando a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que busca blindar parlamentares em investigações e operações policiais. Essa iniciativa surge após ações da Polícia Federal contra congressistas, gerando debates sobre a imunidade parlamentar. Lira busca um relator do centrão para evitar polarizações nesse tema sensível, em um momento crucial de articulações para sua sucessão na mesa diretora.

Outro ponto em destaque é a PEC relacionada à isenção tributária para igrejas, que avança no Congresso. Aprovada em uma comissão especial, a proposta amplia a imunidade de cobrança de impostos para instituições religiosas. Contudo, ainda precisa ser votada em dois turnos no plenário da Câmara. A medida gera questionamentos sobre a mistura de política e questões financeiras, especialmente considerando o cenário de desafios nas contas públicas.

Em meio a articulações para sua sucessão, Arthur Lira promove discussões sobre a PEC de blindagem parlamentar após ações da Polícia Federal. Buscando evitar polarizações, ele busca um relator do centrão. Paralelamente, avança no Congresso a PEC que amplia a isenção tributária para igrejas, aprovada em comissão especial. A medida levanta debates sobre a conexão entre política e finanças, especialmente em um momento de desafios nas contas públicas.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários